BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Sobre o CNPI
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo


» Objetivo
» O que é

» Como obter
» Cursos e Material de Estudos
» Inscrição - exames CB, CG1, CT1 e exames de reciclagem CR e CRT
» FAQ

» Clique aqui para:

                              » Solicitar a Certificação/Credenciamento

                              » Solicitar Licencimento ou Cancelamento do Credenciamento

                              » Atualizar o cadastro

                              » Renovar o Certificado 


 



» Objetivo 

Com o objetivo de elevar os padrões dos profissionais de investimento brasileiros a níveis internacionais, a Apimec implantou no Brasil o Programa de Certificação Nacional (CNPI) e Internacional (CIIA) - em coordenação com a Association of Certified International Investment Analyst (ACIIA).

A Apimec é membro do board da ACIIA, mantendo também um representante no International Examinations Committee (IEC).

As associações nacionais membros da ACIIA, no caso do Brasil, a Apimec Nacional, têm o poder de decidir sobre as características e requisitos necessários para os candidatos aos exames, com base nas peculiaridades locais, considerando, por exemplo: experiência profissional, grau de escolaridade, nível de reconhecimento profissional, etc.

A Instrução CVM 483, em vigor a partir de 1º de outubro de 2010, alterou a regulamentação da atividade de analista de valores mobiliários, delegando a entidade  credenciadora, o processo de certificação e supervisão da referida atividade. A Apimec (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais), que já desempenhava a atividade de certificação, se credenciou para atender aos dispositivos da nova instrução, assumindo, a partir de 1º. de outubro o status de autorregulador por delegação.



Voltar para o topo


» O que é

O Programa de Certificação da Apimec é um programa de qualificação para profissionais de investimentos orientados para os mercados financeiro e de capitais. De uma maneira geral, os participantes deste programa possuem, ou pretendem desenvolver, experiência profissional nas seguintes áreas:

Administração de Recursos
Consultoria
Análise e Pesquisa Financeira
Investment Banking
Finanças Corporativas
Administração de Riquezas
Relações com Investidores
Vendas e Operações nos Mercados Financeiros e de Capitais


Voltar para o topo


» Como obter

Os exames são oferecidos pela Apimec, em geral em tempo contínuo, e são realizados nos Centros de Testes da FGV distribuídos em praticamente todo território nacional. 

A certificação está dividida em três categorias: CNPI para o analista fundamentalista, CNPI-T para o analista técnico e CNPI-P para o analista pleno (fundamentalista e técnico).

Para obtenção da certificação o profissional deve ser aprovado nos seguintes exames:

CB - Conteúdo Brasileiro - fase comum para o analista fundamentalista, técnico e pleno.
Uma prova de duas horas de duração com 60 questões de múltipla escolha contendo as seguintes matérias: Sistema Financeiro Nacional, Mercado de Capitais, Mercado de Renda Fixa, Mercado de Derivativos, Conceitos Econômicos, Ética e Relacionamento, Governança Corporativa.


CG1 - Conteúdo Global 1 - fase para o analista fundamentalista.
Uma prova de duas horas de duração com 60 questões de múltipla escolha contendo as seguintes matérias: 


  1. Análise e Avaliação de Ações e Finanças Corporativas: 30 questões;
  2. Contabilidade Financeira e Análise de Relatórios Financeiros: 30 questões


CT1 - Conteúdo Técnico 1 - fase para o analista técnico.
Uma prova de duas horas de duração com 60 questões de múltipla escolha contendo as seguintes matérias: Princípios de Análise Técnica; Dow, Elliott, Fibonacci e Candle Stick; Retas, Tendências e Médias móveis; Stop, Suporte e Resistência; Volume & Contratos em Aberto.


O profissional aprovado no CB e CG1 será certificado com o CNPI (recomendações através de relatórios de análise fundamentalista).

O profissional aprovado no CB e CT1 será certificado com o CNPI-T (recomendações através de relatórios de análise gráfica).

O profissional aprovado no CB, no CG1 e no CT1 será certificado com o CNPI-P (recomendações através de relatórios de análise fundamentalista e/ou gráfica.

O candidato poderá se inscrever separadamente em qualquer dos exames pelo site http://www.fgv.br/certapimec. O candidato terá o prazo de 12 (doze) meses, contados da data da realização do primeiro exame em que foi aprovado, para ser aprovado no outro exame. A perda deste prazo implicará em nova inscrição e aprovação nos exames. Os exames poderão ser agendados em diferentes datas.


Clique aqui para acessar o menu Leitura obrigatória e consultar o "Regulamento da Apimec no Processo de Certificação do Profissional de Investimento" e o "Manual de Candidatura do Profissional de Investimento".

Se você já foi aprovado nos exames CB e CG1/CT1 clique aqui para solicitar o seu certificado CNPI.


Voltar para o topo


» Cursos e Material de Estudos

As regionais Apimec poderão oferecer cursos específicos de mercado de capitais que abordem a temática dos exames de certificação. 

O conteúdo e a bibliografia recomendada encontram-se no Manual de Candidatura menu Leitura obrigatória.

» FAQ

O que é o CNPI?
O CNPI - Certificado Nacional do Profissional de Investimento, é o certificado obtido pela aprovação em, no mínimo, dois exames: CB - Conteúdo Brasileiro e CG1 - Conteúdo Global 1, ou CB - Conteúdo Brasileiro e CT1 - Conteúdo Técnico 1, que visa comprovar a qualificação técnica necessária dos profissionais que atuam nos mercados financeiro e de capitais no Brasil.

Por que obter o CNPI?
A importância da certificação decorre do papel preponderante que esses profissionais têm nos processos de decisão de investimentos. Sendo assim, torna-se necessário certificar-se da capacidade técnica dos mesmos e também ter-se a segurança de que estão submetidos a um Código de Ética e Padrões de Conduta Profissional que ofereça salvaguardas aos investidores de que suas recomendações/orientações/operações estão sendo feitas de maneira totalmente isenta de quaisquer tipos de interesses pessoais.

A quem se destina o  CNPI?
A todos os profissionais com nível superior completo em qualquer área e com interesse em se desenvolver no mercado financeiro e de capitais.

O diploma de curso superior em tecnologia é válido?
Sim, o diploma é válido.

Qual é a relação do CNPI com o credenciamento na Apimec?
O certificado CNPI com credenciamento é exigido para os profissionais que irão exercer a atividade de Analista de Valores Mobiliários, conforme estabelecido na Instrução nº 483/10. 

Qual é a vantagem para o empregador de contratar um profissional CNPI?
A vantagem está relacionada ao fato de poder contar com um profissional comprovadamente capacitado tecnicamente para exercer suas funções tanto na área nacional como internacional, além de ter a garantia de ter um colaborador submetido a um rigoroso controle de um Código de Conduta Profissional.

Quem organiza e fiscaliza o processo de certificação e os profissionais certificados/credenciados?
No Brasil o programa de certificação é organizado e fiscalizado pela Apimec. Os exames são aplicados através da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Quem julga conforme as penalidades previstas no Código Conduta da Apimec? 
A apuração de eventuais descumprimentos ao Código, seu julgamento e aplicação de penalidades seguirão o disposto no Código dos Processos da Apimec.    

O que não é impedimento para obter o CNPI?
Não ser associado das regionais da Apimec.

Posso realizar os exames antes da conclusão do curso superior?
Sim, a comprovação do curso superior em qualquer área somente será exigida no momento da solicitação do CNPI.

Existe ordem de realização dos exames?
Não, o candidato poderá se inscrever nos exames separadamente, em qualquer ordem. Os exames poderão ser agendados em diferentes datas.

Existe prazo para conclusão dos exames?
O candidato terá o prazo de 12 (doze) meses, contados da data da realização do primeiro exame em que foi aprovado, para ser aprovado no outro exame. A perda deste prazo implicará em nova inscrição e aprovação nos exames. 
 
Como realizar o pagamento da taxa de fiscalização trimestral?
O profissional deve acessar o Portal www.apimecnacional.com.br, entrar com login e senha e gerar o boleto. 
  
Como solicitar o licenciamento do credenciamento?
A solicitação deve ser feita através do portal www.apimecnacional.com.br, menu Solicitações.
 
Após a solicitação do licenciamento, a partir de qual data o analista estará isento da taxa de fiscalização trimestral?
Sempre a partir do trimestre seguinte, não importando a data de solicitação da licenciamento.
 
Qual o prazo da Apimec para processar o pedido de licenciamento?
Até 5 dias úteis da data da solicitação, desde que o analista esteja em dia com as obrigações. 

A quem se destina o PEC - Programa de Educação Continuada da Apimec?
A todos os analistas CREDENCIADOS na Apimec.  

Os profissionais CERTIFICADOS devem comprovar a realização do PEC?
Não. Entretanto devem ficar atentos, pois no caso de solicitação de credenciamento a realização do PEC deverá ser comprovada.
 
Os analistas com CREDENCIAMENTO LICENCIADO devem comprovar o PEC? 
Não. Entretanto devem ficar atentos, pois no caso de solicitação de credenciamento a realizado do PEC deverá ser comprovada.

Reunião com empresa através de webcast gera créditos?
Não, somente reunião presencial. 


Voltar para o topo



 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 

·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
·· ASSOCIADA À:
 
CIIA
·· Parceiros

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
©2009 Apimec