esqueci minha senha
 
 
 
 
 

SOUZA CRUZ: RETRAÇÃO DO MERCADO AFETA RESULTADOS

 
Em apresentação na Apimec MG, a Souza Cruz reportou uma receita líquida consolidada até junho de 2015 de R$ 3,1 bilhões, 5,2% superior no comparativo anual. O lucro operacional consolidado no primeiro semestre de 2015 atingiu R$ 1,2 bilhão,  redução de 6,8% em relação ao primeiro semestre do ano passado.
 
O negócio de cigarros apresentou uma redução de 4,7% no período, principalmente pela queda do volume e da deterioração do mix de vendas. Já a linha de tabaco exportação apresentou um crescimento de 27,7% na receita líquida, principalmente em função do maior volume de exportação e maior preço de embarque.
 
Segundo o diretor de Relações com Investidores da companhia, Leonardo Senra, o crescimento de 97% na linha de tabaco exportação em função de maior volume e preço de embarque, não foi suficiente para compensar a redução do lucro no negócio cigarros, impactado por menor volume e deterioração do mix de vendas, combinado com o aumento das despesas gerais no período.
 
Ainda de acordo com o executivo, o negócio cigarros foi positivamente afetado pelo resultado da transação de venda do departamento gráfico da empresa, que impactou o lucro operacional no valor de R$ 71 milhões no primeiro trimestre de 2015. “Excluindo-se o efeito da atualização monetária pela Selic dos dividendos e juros sobre capital próprio pagos aos acionistas (R$ 32,7 milhões no primeiro semestre de 2015, contra R$ 25,0 milhões no primeiro semestre de 2014), o resultado financeiro registrou um crescimento de R$ 19,6 milhões no primeiro semestre do ano”, disse Senra.
 
O lucro líquido no primeiro semestre foi de R$ 831,3 milhões, uma redução de 2,0% quando comparado com o mesmo período de 2014,  influenciado pela performance operacional, parcialmente compensada pelo melhor resultado financeiro e uma menor taxa de imposto de renda provocada pelo incentivo fiscal relativo à terceirização de seu parque gráfico da Souza Cruz, realizado no primeiro trimestre de 2015.
 
O Conselho de Administração da companhia aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio, no valor de R$ 29,4 milhões, a partir do dia 19 de agosto de 2015, atualizados pela variação da taxa Selic calculada entre 1 de julho e 18 de agosto de 2015. Os dividendos intermediários serão aprovados e divulgados na reunião do Conselho de Administração em setembro.

 
 
 
 
 

» Próximos Eventos
 
 
ver resultado
 
 
©2015 Apimec