esqueci minha senha
 
 
 
 
 

Comunicado sobre o desastre ambiental de Brumadinho

 
A Apimec (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais) lamenta  profundamente o rompimento da barragem na mina do Feijão, em Brumadinho (MG), que provocou centenas de mortos e desaparecidos, uma população elevada e ainda desconhecida que ainda pode ser atingida, além do grave impacto sobre a natureza e biodiversidade da região. Decorridos 13 dias, ainda não sabemos qual a possível extensão sob os aspectos sociais, ambientais e econômicos.
 
A Apimec solidariza-se com os familiares e amigos das vítimas além de todas as pessoas atingidas pelo desastre e espera que questões tão sérias sejam tratadas com a responsabilidade proporcional ao risco típico de vários desses empreendimentos, com maior disclosure e transparência na divulgação de informações sobre os riscos associados à exploração de minérios e aos estudos de impacto e monitoramento ambiental para os  profissionais, analistas e investidores que fazem parte do processo de decisão de investimentos em valores mobiliários.
 
A Apimec tem feito esforços nos últimos anos pela conscientização da importância da integração das questões ambientais, sociais e de governança na análise, recomendação e  decisão de investimentos. Por isso, decidimos em 2018 pela inserção das questões ambientais e sociais nas provas de certificação CNPI da Apimec. Neste ano de 2019, vamos intensificar as atividades institucionais, visando apoiar os profissionais de investimentos já certificados e em processo de certificação na formação de conhecimentos.
 
O mercado de capitais no Brasil reflete a estrutura econômica brasileira e contém quantidade expressiva de empresas associadas direta e indiretamente ao uso do solo, uso de recursos naturais e atividades extrativas. Esse contexto exige mais atenção de nossa parte.

Belo Horizonte, 14/02/2019.

 
 
 
 
 

» Próximos Eventos
 
 
ver resultado
 
 
©2015 Apimec