BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Cheques sem fundos crescem pelo terceiro mês consecutivo
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo |  RSS | Versão em PDF

Em março, foram devolvidos 2,13% de cheques, conforme revela o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. A inadimplência com cheques no Brasil segue elevada. Em fevereiro, o percentual de devoluções havia sido de 1,83%, e em janeiro, de 1,70%.

Apesar dos avanços verificados, o primeiro trimestre de 2011 registrou o menor número de cheques devolvidos para o período nos últimos seis anos. De janeiro a março, houve 1,89% de devoluções de cheques. Em 2005, este percentual havia sido de 1,74%.

O terceiro mês do ano é caracterizado por fortes pressões sobre o orçamento familiar, provocadas por despesas como pagamento de parcelas do IPVA, do material escolar e os gastos com férias e carnaval.

Além disso, em 2011 estão pesando os fatores conjunturais, como o aumento da inflação, que reduz o poder aquisitivo do consumidor, e o aperto monetário, fundamentado nos juros altos para controle dos preços, o que também encarece o crédito.

Nordeste

A região Norte foi a com maior percentual de devolução de cheques nos três primeiros meses de 2011, com 4,03%. A região Nordeste aparece logo atrás, com índice de 3,19%. Entre os estados, no top10, nacional, Maranhão (9,22%), Sergipe (6,30%), Piauí (5,97%), Rio Grande do Norte (4,63%) e Alagoas (4,15%) foram os representantes nordestinos.

Por Tendência e Mercado
 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 


·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
 
·· Parceiros

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
twitter
©2015 Apimec