BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Chave da produtividade
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo |  RSS | Versão em PDF
Um dos principais desafios para empresas e profissionais é manter altos índices de produtividade, em uma realidade corporativa cada dia mais competitiva.

Muitas empresas ainda veem a produtividade como sinônimo de sacrifício e dedicação exacerbados, sobretudo aquelas em que a gestão é centralizadora e unilateral.

No entanto, aos poucos as organizações começam a perceber que as pessoas são seu maior capital e que o sacrifício, aliado à produtividade, tem uma relação inversamente proporcional.

Ou seja, motivação e boa comunicação são, verdadeiramente, a chave para a produtividade.

As novas tecnologias e a velocidade com que a informação trafega só acentuam a máxima popular de que não existem duas pessoas iguais, que cada uma tem o seu valor. E nunca se investiu tanto em talento individual como hoje.

Exemplos disso são os programas de qualidade de vida, os pacotes de benefícios, as modalidades de trabalho flexível, entre outros. No entanto, a globalização traz uma nova realidade, a diversidade de perfis e culturas convivendo juntas, e buscando os mesmos resultados para as empresas.

Vemos líderes que têm equipes no Brasil e na China, por exemplo, com o desafio de se comunicar igualmente com ambas as equipes, mantendo-as motivadas e produtivas. Este novo cenário permite que os líderes tenham uma visão mais ampla do negócio, do mercado e do próprio mundo.

A habilidade de comunicação também é imprescindível para que haja transparência nas relações e, portanto, um diálogo mais aberto entre as várias esferas da empresa.

Temos muitos exemplos de companhias que adotaram a gestão participativa, na quais os profissionais se expressam e contribuem com idéias, mantendo assim um canal aberto de comunicação que inevitavelmente gerará bons resultados para todos.

Nos casos bem sucedidos, percebe-se uma cumplicidade entre a empresa e o funcionário. O comprometimento é mútuo, cabendo aos profissionais assumirem o controle das suas carreiras, enquanto a empresa propicia uma gestão na qual há possibilidades reais de crescimento.

Este tipo de relacionamento, mais aberto e transparente, dá mais agilidade e rapidez aos negócios, e até mais competitividade, pois dificilmente haverá uma situação em que algo ficou por dizer.

É importante, do lado das empresas, que a direção perceba os anseios e desejos de seus funcionários, assim como que os funcionários estejam alinhados à cultura e aos objetivos da corporação.

Mas uma regra básica nunca falha: cumprir o que prometer. A confiança gera uma série de outros benefícios, como comprometimento, segurança e certamente bons resultados, tanto corporativos, quanto humanos.

É importante, no entanto, que durante todo o processo a boa comunicação não se perca, pois dela dependem fatores fundamentais para o bom andamento da empresa e das carreiras profissionais, como produtividade, satisfação, bom ambiente de trabalho e qualidade de vida.


Por Marcelo Mariaca/ Brasil Econômico


 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 


·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
 
·· Parceiros

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
twitter
©2015 Apimec