BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Mercados europeus recuam com incerteza no combate à crise
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo |  RSS | Versão em PDF
Os principais mercados acionários europeus encerraram o pregão desta segunda-feira em queda refletindo a preocupação dos investidores com a indefinição sobre a crise na zona do euro.

Ao final desta jornada, em Frankfurt, o índice DAX 30 caiu 1,04% aos 6.444 pontos; em Paris, o índice CAC-40 perdeu 1,60%, aos 3.265 pontos; em Milão, o índice FTSE-MIB cedeu 1,21% aos 15.753 pontos; em Londres, o índice FTSE-100 desvalorizou 1,09% aos 5.671 pontos; e em Madri, o índice Ibex 35 recuou 1,62% aos 8.517 pontos.

No campo corporativo, o destaque ficou com as ações do BNP Paribas, que recuaram x%, puxando a desvalorização dos papéis do setor financeiro francês após o presidente da França afirmar que imporá um imposto sobre transações financeiras.

Na agenda local, o sentimento econômico na zona do euro avançou de 92,8 em dezembro para 93,4 em janeiro, informou a Comissão Europeia (EC, na sigla em inglês) nesta segunda-feira. Contudo, o resultado veio abaixo do estimado pelo mercado, que era de 93,6 (estimativa Dow Jones Newswire).

Entretanto, esse indicador apontou divergências dentro dos países da zona do euro, visto que na Alemanha, o índice subiu de 104,3 para 106,6, enquanto na França o indicador caiu de 93,5 para 91,4. O desempenho negativo também foi acompanhado pela Itália, onde o índice caiu de 85,4 para 84,3.

A confiança do consumidor avançou de -21,3 em dezembro para -20,74 em janeiro, o primeiro avanço desde julho, refletindo a melhora no otimismo dos consumidores sobre as perspectivas para economia nos próximos 12 meses e a queda no medo da perda do emprego.

Nos Estados Unidos o índice da atividade manufatureira de Dallas subiu para 15,3 pontos em dezembro, ante alta de -3 pontos em dezembro segundo informações do Federal Reserve da cidade (Fed, o banco central norte-americano).

O índice que mede a produção passou de 0,2 pontos em dezembro, para 5,8 pontos neste mês, enquanto que a capacidade utilizada das indústrias ficou em 8,5.

A renda pessoal subiu 0,5% em dezembro em relação ao mês anterior, quando o ganho foi de 0,1%, informou o Departamento do Comércio nesta segunda-feira.

Fonte: www.ultimoinstante.com.br

 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 


·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
 
·· Parceiros

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
twitter
©2015 Apimec