BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Odontologia brasileira passa a investir na gestão em rede e serviços
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo |  RSS | Versão em PDF

O sucesso das redes de negócios tem crescido gradativamente. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF) a evolução do setor entre o período de 2008 a 2010 foi de 36,4%, com um faturamento de R$ 76 bilhões. Este universo é composto por mais de 86 mil estabelecimentos, com aproximadamente 1800 redes de franquias. É também uma área que oferece grandes oportunidades de emprego e investe pesado em treinamento e capacitação de seus funcionários.  A odontologia brasileira, deste modo, também está entrando fortemente neste segmento, pois os serviços odontológicos passaram por um processo de desmistificação nos últimos dez anos. 

Nesse período, tudo cresceu:  o número de profissionais no mercado, a quantidade de cursos superiores, os cursos de especialização, o número de especialidades e o nível de informação e cultura do consumidor. O resultado foi um grande "bolo" onde todos estão inseridos, caracterizado pelo baixo índice de crescimento do número de clientes, poucas formas de agregar valor e diferenciais, competição desleal e certo ceticismo em relação aos rumos do mercado odontológico no futuro.

Na odontologia, o sistema de franquia começou ainda nos anos 90 e hoje está consolidado como modelo, já sendo comercializado com volume, inclusive nos maiores congressos do setor. "Esse fenômeno aconteceu porque é uma tendência em todos os mercados, relacionado à exigência de qualidade, padrão e segurança por parte do consumidor moderno, que procura por marca reconhecida, que traz segurança e tem um determinado padrão de qualidade. Na odontologia, boa parte das franquias, contudo, "vende" uma maneira de produzir melhores resultados através de uma estratégia de custos, preços e condições de pagamento, somente, o que não é sustentável ao longo do tempo", diz o Diretor Executivo da TopDent Franchising e Administrador de Empresas, José Eduardo de Oliveira Lima Filho.

Ele lembra, entretanto, que o Franchising é tradicionalmente um método eficiente de distribuição de produtos ou serviços e um tipo de canal de distribuição usado para ampliar a atuação de uma determinada marca. Outros exemplos de canais de distribuição são as tradicionais filiais ou representantes. "É importante frisar que o Franchising não é um produto, não é uma solução para os problemas da odontologia e muito menos uma idéia de sucesso ou fracasso, quer dizer, o Franchising é apenas um método eficiente para se distribuir um modelo de serviço ou produto que deu certo e comprovadamente faz sucesso atualmente", explica José Eduardo.

Na visão do executivo da TopDent Franchising, a primeira franqueadora do setor odontológico do País, fundada em 1993, o franchising não pode distribuir um serviço que não tem diferenciais perante os demais, não pode ser apenas uma marca diferente que faz o mesmo produto ou serviço genérico que as pessoas já conhecem.  É preciso ser diferente, apresentar uma nova curva de valor, ter experiência e sucesso comprovado.

No caso da TopDent, a franqueadora nasceu de uma clínica odontológica que existia em Bauru desde 1975, local onde o Dr. José Eduardo de Oliveira Lima, professor e pesquisador da Universidade de São Paulo, desenvolveu uma inovadora forma de prestar o serviço odontológico, com foco em prevenir.

Esse modelo posteriormente se transformou em um trabalho científico que comprovadamente conseguiu os melhores resultados em prevenção da cárie publicados na literatura científica, 99,8% de sucesso.  Após 15 anos de sucesso do novo modelo, surgiu o franchising da TopDent.

O grande sucesso junto aos consumidores da região de Bauru e a procura de dentistas de outras regiões por reproduzir o modelo, fez nascer a rede TopDent, uma marca que hoje representa o "algo novo" na odontologia, sendo a proposta de atuação voltada para preservar a integridade dos dentes ao longo da vida e a "Odontologia Minimalista" o mote principal da marca.

Ao longo dos anos, a TopDent desenvolveu um novo modelo de negócios que vai além, isto é, profissionalizou a gestão em todas as áreas da clínica odontológica, criou modelos de gestão específicos para a odontologia que antes não existiam e testou exaustivamente durante dez anos. "Hoje temos a solução de gestão desenhada para a odontologia, eficaz para um segmento tão específico que as consultorias tradicionais do mercado não conseguiam solucionar os problemas", diz o executivo.

O novo modelo desenvolvido pela TopDent apresenta soluções que alavancam o faturamento e os negócios da clínica odontológica através de um raciocínio único: inovação científica e tecnológica, serviços de alto nível, padronização, administração e marketing. "Esses conceitos são fortemente trabalhados junto ao franqueado. Damos todo o treinamento e suporte para implantá-los adequadamente. Além dos cinco pilares, a implantação da solução proposta pela TopDent insere um novo "Mix de Produtos" na clínica que propõe apresentar as soluções que os consumidores procuram hoje, isto é,  esse mix é exclusivo e promove o fácil entendimento dos clientes acerca dos procedimentos que serão realizados e sua periodicidade, aliando o tratamento necessário com as soluções para preservar a saúde em equilíbrio", explica Eduardo.

Ele ainda destaca que a TopDent é responsável pela implantação de um novo conceito de atendimento, ou seja, a prevenção de carie por meio da preservação da flora bacteriana presente na boca. "A saliva e toda a biodiversidade bacteriana presentes na boca possuem função importante para que o equilíbrio possa ser preservado, o que favorece a desorganização do ciclo de formação das cáries. A ação desses agentes naturais, associados a uma profilaxia no consultório mensalmente, ajudam a conquistar um resultado de quase 100% de sucesso na prevenção da cárie, mesmo que a escovação em casa seja vulnerável. Logo, é possível evitar a cárie sem intervenção química. "A busca pelo que é natural é a odontologia do futuro", diz.

A odontologia como era praticada antigamente não existe mais, afirma o especialista em marketing. Hoje em dia, ou o profissional se insere na atual realidade, ou ficará para trás, o que pode significar não ter condições de se manter no mercado. Mas, atenção: não se iluda.  "Comprar uma franquia não é sinônimo de dinheiro fácil e rápido. Você, quando compra uma franquia, não compra sucesso, mas, sim, adquire um sistema formatado que vai ajudar. Ou seja, o bom franqueado é aquele que trabalha muito, antes e depois de adquirir a franquia. Pense muito bem nisto e leia o contrato da franquia sempre com o auxilio de um bom advogado", alerta o executivo.

Fonte: www.ultimoinstante.com.br

 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 


·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
 
·· Parceiros

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
twitter
©2015 Apimec