BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Em um ano, consumidor teve que pagar quase 8% a mais para ir ao cinema
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo |  RSS | Versão em PDF

Ir ao cinema nas grandes cidades do país ficou, em média, 7,87% mais caro entre março de 2011 e março deste ano, segundo pesquisa divulgada hoje (13) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O aumento no custo desse programa de lazer ficou acima da média da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que foi 5,5% no mesmo período.

Para calcular a inflação para uma ida ao cinema, a FGV considerou não apenas o ingresso para o filme, mas também a comida e o estacionamento. Segundo a pesquisa, o item que mais pesou na composição dessa taxa de inflação foi o estacionamento, cujo preço subiu 15,03% no período.

O ingresso aumentou 8,6%, enquanto um sanduíche teve alta de 8,36% no preço. As bebidas ficaram 8,12% mais caras e os sorvetes, de 6,75%. Os doces e salgados, com taxa de 1,74%, e os bombons e chocolates (0,1%) foram os únicos itens que subiram menos do que a inflação medida pelo IPC.

Fonte: Agência Brasil

 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 


·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
 
·· Parceiros

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
twitter
©2015 Apimec