BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Ministro prevê que tecnologia 4G será mais cara, mas vai baratear serviços oferecidos atualmente
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo |  RSS | Versão em PDF

Os preços dos serviços de tecnologia de quarta geração para a internet móvel (4G) deverão ser um pouco mais altos do que os das tecnologias oferecidas atualmente, mas não poderão ser exorbitantes. A avaliação é do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que participou hoje (27) da divulgação dos preços do leilão da faixa de frequência de 2,5 giga-hertz (GHz), que será destinada à tecnologia 4G.

 

"Não pode ser muito diferente do que é hoje, senão as pessoas não vão mudar para a nova tecnologia. Se for um preço exorbitante, as pessoas vão preferir ficar. O que eu tenho lido é que o 4G vai ser um pouco mais caro e consequentemente vai baixar o 3G. A tendência é que, quem tem poder aquisitivo, vai querer migrar imediatamente para o 4G, que tem um serviço até dez vezes mais rápido", destacou o ministro.

 

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) espera arrecadar pelo menos R$ 3,85 bilhões com o leilão da faixa de frequência de 2,5 giga-hertz (GHz), destinada à telefonia de quarta geração, marcado para o dia 12 de junho. Esse é o valor esperado se todos os lotes forem vendidos. No total, serão leiloados seis lotes, e o vencedor será aquele que oferecer o maior preço pela outorga de cada um deles.

 

Paulo Bernardo acredita que haverá uma concorrência acirrada no leilão. "Pelo interesse que as empresas têm demonstrado, pelas características do mercado brasileiro e pela forma como foi montado o leilão, não temos dúvida de que vai ter uma disputa acirrada, principalmente nos lotes nacionais, com certeza todos serão vendidos."

 

O presidente da Anatel, João Rezende, também acredita na concorrência, tanto para o leilão da faixa de 2,5 GHz como para o da faixa de 450 mega-hertz (MHz), que servirá para ampliar a cobertura dos serviços de telefonia móvel e internet na área rural e que também será leiloada. "O Brasil é um mercado que tem competitividade e é o mais seguro hoje para atração de investimentos, porque as condições favorecem, inclusive com o crescimento da renda da população".

 

 

Fonte: Agência Brasil

 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 


·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
 
·· Parceiros

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
twitter
©2015 Apimec