BUSCA
FALE CONOSCO
Apimec NacionalApimec Distrito FederalApimec Minas GeraisApimec NordesteApimec Rio de JaneiroApimec São PauloApimec Sul

 
Pesquisa do Procon-SP não vê queda nos juros do cheque especial e empréstimo pessoal
 
« Voltar | Imprimir | Enviar para um amigo |  RSS | Versão em PDF

Pesquisa da Fundação Procon de São Paulo (Procon-SP) constatou que, em junho, praticamente não houve alterações na taxa média dos juros que incidem sobre empréstimos pessoais e cheque especial. No empréstimo pessoal, foi constatado recuo de apenas 0,02 ponto percentual, de 5,52% ao mês, em maio, para 5,5% em junho. No cheque especial, a queda ficou em 0,03 ponto percentual, de 8,39 % para 8,36% entre maio e junho.

Os seis bancos pesquisados foram Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú e Santander. Dos seis, três reduziram a taxa do empréstimo pessoal e quatro a do cheque especial.

Segundo a diretora de Estudos e Pesquisa do Procon-SP, Valéria Rodrigues Garcia, as taxas de juros continuam altas. "Caso seja absolutamente necessário contratar um empréstimo, deve-se analisar as diversas alternativas de crédito disponíveis, priorizando a liquidação de suas dívidas", aconselhou ela.

A diretora ressaltou ainda que o empréstimo só é recomendável se for para subsstituir dívidas com encargos mais altos, com taxas maiores. E o consumidor deve evitar os juros rotativos do cartão de crédito e do cheque especial, cujas taxas estão entre as mais altas do mercado.

Fonte: Agência Brasil

 
 
 
Envie para um amigo
» Nome do destinatário » E-mail do destinatário
» Seu nome » Seu E-Mail
» Comentário  
 


·· Palavra da Presidência
 
 
·· Eventos

» Próximos Eventos
 
 
·· Parceiros

 
 
·· REPRESENTAÇÕES

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
twitter
©2015 Apimec